Bolsonaro indica 18 nomes para direção de agências reguladoras

O presidente indicou nomes para cargos na Aneel, Anvisa, ANTT, ANS e ANP; os indicados ainda vão ser sabatinados no Senado.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) indicou, nesta segunda-feira (4), 18 nomes para serem sabatinados pelo Senado Federal, e ocupar cargos de direção em agências reguladoras. Os nomes foram enviados ao Legislativo em despacho publicado no Diário Oficial da União.

São dois nomes indicados para compor a diretoria da ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), três para a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), um para a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), um para a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), dois para a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), um para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), três para a ANM (Agência Nacional de Mineração) e cinco para a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Confira a lista dos indicados:

Ana (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico): Ana Carolina Argolo Nascimento de Castro e Maurício Abijaodi Lopes de Vasconcellos.
• ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis): Symone Christine de Santana Araujo, Cláudio Jorge Martins de Souza e Daniel Maia Vieira.
• ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar): Jorge Antônio Aquino Lopes.
• Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários): Wilson Pereira de Lima Filho.
• ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres): Luciano Lourenço da Silva e Robson Crepaldi.
• Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária): Daniel Meirelles Fernandes Pereira.
• ANM (Agência Nacional de Mineração): Mauro Henrique Moreira de Sousa, Roger Romão Cabral e Tasso Mendonça Júmior.
• Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica): Sandoval de Araújo Feitosa Neto, Hélvio Neves Guerra, Ricardo Lavorato Tili, Fernando Luiz Mosna e Agnes Maria de Aragão da Costa.

Também há indicações para o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e para a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Os nomes precisam ser apreciados pelo Senado Federal.

A semana no Senado será de esforço concentrado para votar as indicações de autoridades. A partir de terça-feira (5), estão marcadas 19 sabatinas nas comissões de Relações Exteriores, de Infraestrutura, de Assuntos Econômicos e de Constituição e Justiça. 

Estão previstas as sabatinas de três indicados para compor o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e um indicado para ocupar o cargo de ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho), além de sabatinas de 11 diplomatas indicados por Bolsonaro para chefiar embaixadas brasileiras no exterior.

Fonte: R7

sobre Ronaldo Glaydson

Check Also

Caso Daniel Silveira: PDT anuncia apresentação à Câmara de pedido de impeachment de Bolsonaro

Pedido é motivado pelo decreto de Bolsonaro que concedeu perdão da pena ao deputado um …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.