Homem assassina ex-mulher, a própria filha, outras 3 pessoas da mesma família na comunidade de Fenando da Pista em Passa e Fica/RN

Crime aconteceu na madrugada deste sábado (25) em Passa e Fica. Um sobrinho da ex-companheira também foi socorrido ao hospital.

Um homem matou a ex-companheira, a própria filha do casal, que tinha 7 anos de idade, além dos ex-sogros e uma tia dele, na madrugada deste sábado (25).

O caso aconteceu em Passa e Fica, na região Agreste potiguar. Um sobrinho da ex-companheira do assassino também foi baleado e socorrido ao hospital com vida.

As informações foram confirmadas pelo 8º Batalhão da Polícia Militar, que começou uma busca pelo autor dos crimes, mas já encontrou o suspeito morto. Segundo a PM, ele tirou a própria vida.

O crime aconteceu por volta das 4h na localidade conhecida como Lagoa do Venâncio, no sítio Fernando da Pista. O autor foi identificado como William de Lima Silva, de 33 anos.

As vítimas que morreram foram identificadas pela PM como:

  • Maria da Luz Henrique de Lima, ex-companheira

  • Maria Clara de Lima e Silva, 7 anos, filha

  • Maria do Livramento Henrique de Lima, ex-sogra

  • Francisco Batista de Lima, ex-sogro

  • Tia do homem, ainda não identificada oficialmente, apelidada de “Verinha”

Arma de fogo e foice

Segundo a Polícia Militar, o homem chegou a uma casa onde estavam as quatro primeiras vítimas, armado com uma arma de fogo e uma foice.

Após matar todos no local, inclusive a filha de 7 anos de idade, ele deixou a casa e foi a outro imóvel, onde assassinou a tia dele e baleou um sobrinho da ex-companheira.

A polícia foi acionada e começou uma busca pelo suspeito em uma área de mata, mas ele já foi encontrado sem vida, próximo a uma casa em construção.

Ainda de acordo com a PM, o homem deixou um caderno com mensagens escritas, em que tenta justificar a tragédia. No entanto, o conteúdo não foi divulgado até a publicação desta matéria.

Fonte: G1/RN

sobre Ronaldo Glaydson

Check Also

PF prende mulher no desembarque e faz 3ª maior apreensão de maconha no Aeroporto de Natal

Assistente comercial, gaúcha de 20 anos receberia R$ 3 mil para transportar droga de Florianópolis …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *