Níger entrega filho do ditador Muammar Kadhafi à Líbia

Saadi Kadhafi, filho do ex-ditador líbio Muammar Kadhafi (Foto: AFP Photo/Mahmud Turkia/Arquivo)

Segundo um comunicado do governo líbio, Saadi Kadhafi, terceiro filho do ditador Muammar Kadhafi, foi entregue pelas autoridades do Níger, país em que estava refugiado desde setembro de 2011. As informações são da agência EFE.

Saadi, que foi comandante das Forças Especiais líbias, chegou em um avião às 3h30 locais (22h30 de Brasília da quarta-feira) ao aeroporto internacional de Matiga, na capital Trípoli, e foi conduzido a uma prisão, cercado por um forte aparato de segurança.

O governo líbio agradeceu a cooperação do presidente da república do Níger, Mahamadu Isufu, e das autoridades desse país e prometeu que "tratará o acusado de acordo com os princípios da justiça e das medidas internacionais que regem o tratamento dos detidos".

Saadi Kadhafi, filho do ex-ditador líbio Muammar
Kadhafi (Foto: AFP Photo/Mahmud Turkia/Arquivo)

Em dezembro de 2011, o governo mexicano anunciou que tinha frustrado um plano para que Saadi Kadhafi, ex-dirigente da Federação Líbiade Futebol, se estabelecesse com identidade falsa no México com o apoio de uma rede criminosa internacional.

Ele era procurado pela Interpol, a pedido das autoridades líbias, desde 29 de setembro de 2012, acusado de apropriação indevida por meio da força e intimidação armada quando era presidente da Federação Líbia de Futebol.

Em entrevista concedida ao canal internacional árabe Al Arabiya em fevereiro de 2012, assegurava que sua extradição à Líbia poderia acontecer "a qualquer momento", com a finalidade de acabar com "as ações de vingança" que acontecem no país.

Saadi Kadhafi, que chegou a disputar duas partidas como jogador profissional pelo campeonato italiano antes de ser punido por doping, é o segundo filho do ditador Muammar Kadhafi a ser colocado sob custódia das autoridades líbias, depois que Seif al Islam Kadhafi foi preso em novembro de 2011, um mês depois da queda do regime de seu pai.

Dos oito filhos de Kadhafi, três morreram durante o levante popular armado que o derrubou, Mutasim, Khamis e Seif al Arab, e outros três, Mohammed, Aisha e Hanibal fugiram para a Argélia

Mais Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
'Poder popular não precisa mais de intermediação', diz Bolsonaro no discurso da diplomação

'Poder popular não precisa mai…

 No discurso, Bolsonaro elogiou Justiça El...

Filho de Bolsonaro diz que não está decidido se Direitos Humanos seguirá como ministério

Filho de Bolsonaro diz que não…

 "Nem está decidido se realmente vai ter e...

Segunda Turma do STF decide nesta terça-feira se concede liberdade a Lula

Segunda Turma do STF decide ne…

 Defesa do ex-presidente apresentou novo p...

Árvore e Natal de Mirassol é acesa com programação cultural

Árvore e Natal de Mirassol é a…

 Com 112 metros de altura, estrutura tem c...

Guarda municipal e mulher são baleados em tentativa de assalto no litoral Sul do RN

Guarda municipal e mulher são …

 Crime aconteceu em Pirangi do Sul, nesta ...

Comerciante é assassinado a tiros na Zona Norte de Natal

Comerciante é assassinado a ti…

 Crime aconteceu na noite desta segunda-fe...

Robinson Faria é condenado por conduta vedada durante as eleições 2018 no RN

Robinson Faria é condenado por…

 Governador terá que pagar multa de R$ 7.5...

Marília Mendonça faz show surpresa em Natal

Marília Mendonça faz show surp…

 Cantora chegou à capital potiguar com a a...

Polícia Civil prende suspeito de matar mulher com tiros no rosto em Macaíba, RN

Polícia Civil prende suspeito …

 Crime aconteceu no dia 17 de setembro. Ví...

Hot topics

Follow us