Espanha pressiona Brasil por prisão de acusado de esquartejar família

  Polícia afirma não ter dúvidas de que sobrinho assassinou a família do próprio tio em Pioz, nos arredores de Madri.

 

  A Guarda Civil e o Ministério do Interior da Espanha pressionam o Brasil para realizar a prisão de François Patrick Nogueira Gouveia, de 20 anos.

  O brasileiro é acusado de matar e esquartejar o tio Marcos Nogueira, a mulher dele, Janaína Santos Américo, ambos de 30 anos, e os dois filhos do casal, de 1 e 4 anos, na cidade de Pioz, nas proximidades de Madri. Ele nega.

  O caso, que chocou o país, é considerado como um dos mais brutais registrados na Espanha.

  Na manhã desta quarta-feira, os investigadores da Guarda Civil responsáveis pelo caso deram uma entrevista coletiva em Pioz e garantiram que têm uma série de indícios e provas "inquestionáveis" que demonstrariam a autoria do crime.

  "Não temos dúvida da autoria. Para nós, o crime já está resolvido", assegurou o comandante Reina, da Unidade Central Operativa (UCO) da Guarda Civil espanhola.

  Os investigadores lamentaram que o acusado tenha sido interrogado pela polícia brasileira na Paraíba e liberado, apesar da ordem de busca e captura internacional expedida no dia 22 de setembro.

  A Guarda Civil espanhola criticou a falta de ajuda das autoridades brasileiras em desvendar o caso, assunto que teve grande repercussão na imprensa espanhola nesta quarta-feira.

  Procurada pela BBC Brasil, a Polícia Federal afirmou que está tratando do caso, mas que por enquanto não fornecerá informações.

Sem extradição

  Apesar de reconhecer que os cidadãos brasileiros não são extraditáveis à Espanha, a Guarda Civil do país europeu informou que pretende enviar uma comissão ao Brasil para interrogar o acusado, em colaboração com a polícia local.

  "Tivemos conhecimento desse depoimento do acusado à polícia brasileira porque vimos um vídeo do advogado dizendo que ele se apresentou. Perguntamos à polícia brasileira, pois até então não tínhamos recebido nenhuma informação oficial de que esta declaração tinha sido realizada", criticou o tenente-coronel Pascual Luís Segura.

  Ele reforçou que cabe à polícia brasileira prender o suspeito e que as autoridades espanholas chegaram a um ponto em que têm de aguardar o atendimento do Brasil à ordem internacional de prisão.

  O ministro do Interior, Jorge Fernández Diaz, também afirmou à imprensa nesta quarta que o Brasil não tem a obrigação de extraditar um cidadão seu, mas opinou que "é evidente que, se ele está localizado, a polícia brasileira deveria prendê-lo".

Perfil violento

  A Guarda Civil espanhola afirmou que Patrick é "violento" e ressaltou que ele tem antecedentes criminais no Brasil. Aos 16 anos, o jovem foi acusado de esfaquear um professor.

  Segundo o comandante Reina, o acusado tem características de psicopatia, demonstradas por "sua falta de apego à vida humana e de afetividade" e "seu narcisismo e egoísmo".

  O investigador destacou ainda que as vítimas eram "uma família normal e trabalhadora que, como outras tantas, viviam com os recursos que tinham". Ele assegurou que o casal não tinha nenhum envolvimento com o crime organizado, como se chegou a especular.

  Um dos pontos-chaves revelados pela investigação foi que Patrick viajou da Espanha para o Brasil apenas dois dias após os cadáveres terem sido encontrados.

  Ele tinha passagem aérea de volta para o Brasil comprada para 16 de novembro e adiantou a viagem para 20 de setembro, em meio à divulgação do crime.

  Também foram encontrados restos de DNA de Patrick na casa da família, onde os corpos foram encontrados dentro de sacolas e em estado de decomposição.

  A Guarda Civil não deixou claro a motivação do acusado, que, especula-se, pode ter sido passional. O órgão não trabalha com a hipótese de ele ter contado com a ajuda de algum cúmplice, mas também não descarta a possibilidade.

  O irmão do tio morto, Walfran Campos, está na Espanha acompanhando as investigações e tenta arrecadar fundos para repatriar os corpos dos quatro familiares para o Brasil.

Fonte: G1

Mais Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
PM prende quadrilha suspeita de assaltar postos de combustíveis na Grande Natal

PM prende quadrilha suspeita d…

 Prisão aconteceu na noite desta terça-fei...

Governo do RN confirma concurso para PM; Fórum de Segurança discorda da quantidade de vagas e nível exigido

Governo do RN confirma concurs…

 Edital deve ser publicado até o final de ...

Operação de combate ao tráfico de drogas faz prisões na Grande Natal

Operação de combate ao tráfico…

 Esta é a 6ª fase da operação Arecê.

Após Fachin negar pedido de Temer, defesa quer que plenário do STF analise devolução da nova denúncia

Após Fachin negar pedido de Te…

 Nesta terça (19), relator da Lava Jato ne...

Resgate do Desfile Cívico movimentou a comunidade de Juriti na última quinta-feira (14/Set).

Resgate do Desfile Cívico movi…

 Há anos esquecido, o evento contou com as...

Marinha alerta para ondas de até 3 metros e ressaca no litoral do RN

Marinha alerta para ondas de a…

 Atenção deve ser redobrada neste final de...

Agente penitenciário reage a tentativa de assalto e é baleado

Agente penitenciário reage a t…

 Arma do agente falhou durante a reação.

Contador é morto com tiro no rosto durante assalto a residência

Contador é morto com tiro no r…

 Vizinho foi ver o que estava acontecendo ...

Adolescente grávida é agredida por namorado de 21 anos

Adolescente grávida é agredida…

 Polícia investiga também denúncia de que ...

Hot topics

Follow us