Desembargador suspende decisões sobre pagamento do 13º salário de 2018 a policiais e servidores da Saúde

 Agentes e escrivães da Polícia Civil e servidores da Saúde conseguiram decisões favoráveis na 1ª instância, com prazo de 5 dias para depósitos. Após recorrer, Estado conseguiu suspender ações.

 

 O desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Gilson Barbosa, determinou a suspensão de pelo menos três decisões da 1ª instância da Justiça potiguar que estabeleceram prazo de cinco dias para que o Estado pagasse o 13º salário de 2018 aos agentes e escrivães da Polícia Civil, além de servidores da Saúde.

 As decisões do desembargador plantonista foram tomada neste sábado (5) a pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que entrou com recursos que seguem uma mesma argumentação.

 O magistrado considerou que o salário é um direito do trabalhador, mas declarou que esse tipo decisão não é autorizada pela jurisprudência, através de tutela de urgência, especialmente em regime de plantão, como foi o caso da decisão dos juizes da primeira instância.

 Entre os argumentos, ele considerou que a lei estabelece que não pode haver uma decisão liminar "que esgote, no todo ou em qualquer parte, o objeto da ação".

 "A esse respeito, não se pode negar o direito à percepção da gratificação natalina pelos policiais civis e por todos os servidores estaduais, assegurado constitucionalmente. A contraprestação financeira devida pelo labor despendido diariamente não pode ser desconsiderada, nem tampouco se pode afirmar que o Poder Judiciário está alheio ou insensível à situação vivenciada pelos servidores nos últimos anos, principalmente com o agravamento da crise financeira estadual. Todavia, a obediência aos ditames legais, no caso, se impõe".

 Após a decisão da 1ª instância da Justiça a favor dos agentes da Polícia Civil, outras categorias entraram com ações semelhantes e receberam decisões favoráveis, com multas diárias em caso de descumprimento, como os escrivães e os servidores da Saúde. Mas as decisões do desembargador suspenderam todas essas.

 Policiais militares ligados à Associação de Cabos e Soldados e os agentes penitenciários também conseguiram decisões favoráveis neste sábado (5). A assessoria do governo do estado ainda não respondeu se a PGE também vai recorrer dessas.

 Estão em atraso as folhas salariais dos meses de novembro (para servidores que ganham acima de R$ 5 mil), dezembro (para todos os servidores, ativos e inativos), 13º salário de 2018 (para todos os servidores) e o 13º salário referente a 2017 para os servidores que ganham acima de R$ 5 mil.

 

Fonte: G1/RN

Mais Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
Novacruzense maratonista sobe ao pódio em corrida de Genipabu.

Novacruzense maratonista sobe …

 Fofo, conquista a 2ª colocação e adiciona...

Prefeito participa de procissão alusiva à São Sebastião

Prefeito participa de procissã…

 Prefeito Flávio César Nogueira participa ...

Prefeito faz visita surpresa ao Hospital Municipal Monsenhor Pedro Moura

Prefeito faz visita surpresa a…

 A iniciativa teve como objetivo conhecer ...

Em reunião, comissão e dirigentes se entendem e chegam a um acordo.

Em reunião, comissão e dirigen…

 Jogos das oitavas do Campeonato Municipal...

Após matar e enterrar esposa em casa, homem sai para jogar futebol no interior potiguar, diz PM

Após matar e enterrar esposa e…

 Segundo a polícia, homem confessou crime ...

Eclipse com 'superlua' será visível em todo o Brasil; próximo no país será em 2022

Eclipse com 'superlua' será vi…

 Fenômeno será registrado na madrugada de ...

Atual equipe da Secretaria da Juventude, Esporte, Cultura e Lazer, é apresentada ao Prefeito Flávio de Beroi.

Atual equipe da Secretaria da …

 Criatividade, dedicação e vontade de dar ...

Secretários municipais participam da campanha de doação de medula óssea em Nova Cruz

Secretários municipais partici…

   O secretário chefe de gabinete...

Crianças de Nova Cruz têm o incentivo da prefeitura para aprender a jogar futebol.

Crianças de Nova Cruz têm o in…

 O projeto “Escolinha de Futebol Formando ...

Hot topics

Follow us