Operações da Lei Seca flagram 120 motoristas sob efeito de álcool no RN

Notificações e prisões aconteceram entre a sexta (15) e o domingo (17) em Natal e Mossoró.

 

 Pelo menos 120 motoristas foram flagrados pelas equipes da Operação Lei Seca dirigindo sob efeito de álcool, durante o final de semana em Natal e Mossoró, na região Oeste potiguar. De acordo com o Detran, desse total, 12 pessoas foram presas sob acusação de crime de trânsito. Também foram emitidos 45 autos de infração por outros motivos.

 Em Mossoró, houve patrulhamento e blitz durante os festejos juninos. Somente entre sexta (15) e sábado (16), 85 motoristas foram pegos dirigindo sob efeito de bebida alcoólica, sendo que 12 foram presos. Houve emissão ainda de 26 autos por outros tipos de infrações.

 Já na capital potiguar, as fiscalizações aconteceram durante o jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia, em 2018, que aconteceu domingo (17). Foram realizados 315 testes de alcoolemia que resultaram na notificação administrativa de 35 condutores. Também foram contabilizados 19 autos de infração por desrespeito a outros artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

 “Ainda é possível encontrar muito motoristas desrespeitando a Lei Seca, porém as fiscalizações estão mais presentes e com isso podemos contribuir com a segurança no trânsito como estamos fazendo”, comentou o coordenador da Operação Lei Seca no RN, capitão Isaac Paiva.

Multa

 No caso da Lei Seca, o motorista flagrado dirigindo embriagado é punido com retenção da CNH e apreensão do veículo, que só é liberado com a presença de um condutor habilitado. Também há pagamento de multa de R$2.934,70, aplicação de sete pontos na carteira e outras penalidades administrativas. Isso se o teste de bafômetro acusar até 0,33 mg/l de álcool por litro de sangue no organismo ou se ele se recusar a fazê-lo.

 Se o teste acusar a partir de 0,34 mg/l, ou se o motorista se recusar a fazê-lo, mas apresentar sinais visíveis de embriaguez, além de responder nos termos do artigo 165, será preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde será iniciado o devido processo legal, respondendo pelo crime que prevê a punição de seis meses a três anos de prisão.

 

Fonte: G1/RN

Mais Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
Mais de 100 aeronaves e 14 países participam de exercícios de guerra em Natal; veja fotos

Mais de 100 aeronaves e 14 paí…

  Esta é a 8ª edição do Exercício Cruzeiro...

É 'desumano' dar aos mais pobres atendimento sem 'garantia', diz Bolsonaro sobre cubanos

É 'desumano' dar aos mais pobr…

 Presidente eleito voltou a criticar regra...

Quatro freiras sobrevivem a capotamento de carro na BR-427, no RN

Quatro freiras sobrevivem a ca…

 Segundo a PRF, acidente aconteceu na manh...

'Duvidam da nossa formação', diz médico cubano que revalidou diploma no Brasil

'Duvidam da nossa formação', d…

 Osmany Garbey Charadan, de 37 anos, casou...

Corpo de mototaxista é encontrado em mata na Grande Natal

Corpo de mototaxista é encontr…

 Corpo foi achado em Goianinha e suspeita ...

Número de desaparecidos em incêndio no norte na Califórnia passa de 600

Número de desaparecidos em inc…

 Maior parte dos desaparecidos é formada p...

Presos há um ano, deputados custam R$ 6,6 milhões e Alerj nunca discutiu cassação

Presos há um ano, deputados cu…

 Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albert...

Inscrições para concurso da Controladoria Geral do RN são abertas

Inscrições para concurso da Co…

 Prazo começa nesta terça-feira (13) e se ...

Candidato a prefeito em eleição suplementar no RN tem carro atingido por tiros

Candidato a prefeito em eleiçã…

 Crime aconteceu na noite desta segunda (1...

Hot topics

Follow us