Manifestantes ocupam triplex atribuído a Lula em Guarujá, SP

 Ocupação aconteceu na manhã desta segunda-feira (16) por militantes do MTST e Frente Povo Sem Medo.

 

 Cerca de cinquenta manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo Sem Medo ocupam, na manhã desta segunda-feira (16), o triplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na Praia das Astúrias, em Guarujá, no litoral de São Paulo. A menifestação que não tem previsão de término.

 O protesto acontece nove dias após Lula se entregar para a Polícia Federal em São Bernardo do Campo e ser encaminhado para Curitiba. Ele está preso desde o último dia 7, após permanecer por dois dias na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O caso triplex causou a condenação de Lula por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é o primeiro ex-presidente do Brasil condenado por crime comum.

 

 Os manifestantes chegaram ao local por volta das 8h30. "Se o triplex é do Lula, podemos permanecer. Se não é, por que ele está preso?", explica o manifestante do MTST, Josué Rocha. Segundo ele, mais de 50 pessoas estão dentro do triplex, e outros cem manifestantes estão em frente ao prédio.

 O grupo estendeu faixas com mensagens: "Povo Sem Medo", "Se é do Lula, é nosso" e "Se não é, por que prendeu?", na sacada do triplex. "Queremos provocar essa discussão. Eles não têm provas de que o triplex é do Lula, não há nenhuma prova da propriedade, a condenação é uma farsa", conta o manifestante.

 

 Rocha ainda explica que a entrada no triplex foi pacífica, sem nenhum registro de violência. Segundo informações da Polícia Militar, viaturas foram encaminhadas ao local logo no início do protesto para acompanhamento. A PM confirma que a manifestação está pacífica e que as equipes não precisaram fazer nenhuma intervenção.

 Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro após o magistrado entender que a construtora OAS pagou R$ 2,2 milhões em propina a Lula por meio da entrega do triplex e reformas no imóvel. O recurso foi analisado por três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, nesta quarta-feira, e Lula acabou condenado em segunda instância por três votos a zero. Os desembargadores ainda aumentaram a pena para 12 anos e um mês de prisão.

Fonte: G1

 

Publicidade:

Mais Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
Polícia Federal anuncia que fará concurso público para 500 vagas

Polícia Federal anuncia que fa…

 Cargos são de delegado, perito criminal, ...

Vacinação contra a gripe começa segunda (23) no RN; veja quem tem direito a doses gratuitas no SUS

Vacinação contra a gripe começ…

 RN registrou dois óbitos por H1N1 em 2018...

Três homens são mortos a tiros em João Câmara, RN

Três homens são mortos a tiros…

 Triplo homicídio aconteceu na madrugada d...

Homem é morto a tiros na frente de casa na Zona Oeste de Natal

Homem é morto a tiros na frent…

 Vítima teria sido surpreendida por dois h...

Cármen Lúcia não vai pautar ação apresentada pelo PC do B contra prisão a partir da segunda instância

Cármen Lúcia não vai pautar aç…

 Com isso, Cármen Lúcia mantém a coerência...

Fachin libera para julgamento denúncia contra Geddel e Lúcio Vieira Lima

Fachin libera para julgamento …

 Além dos dois, outras quatro pessoas fora...

'BBB18': Gleici é vencedora da final com 57,28% dos votos

'BBB18': Gleici é vencedora da…

 Estudante acreana levou o prêmio de R$ 1,...

Ministério Público denuncia cabo da PM por facilitar fuga de presos em Alcaçuz

Ministério Público denuncia ca…

 Segundo a denúncia, cabo e um outro PM, q...

Bandidos rendem família e levam 3 carros e 8 TVs durante arrastão em casa na Zona Sul de Natal

Bandidos rendem família e leva…

 Assalto aconteceu na madrugada desta quin...

Hot topics

Follow us