Piauí bate média histórica de chuvas no primeiro trimestre em 22%

 Climatologista explica que volume de precipitações é equivalente ao de 2009. Volume de chuvas em abril deve ultrapassar média histórica.

 

 O primeiro trimestre de 2018 terminou com 22% mais chuvas do que a média histórica para o período, no Piauí. Segundo o climatologista Werton Costa, o volume de precipitações é superior ao registrado no ano de 2009, em que choveu cerca de 15% acima da média.

 Por conta disso, no Piauí há nove cidades em alerta por conta do risco de inundação devido às chuvas, muitos prejuízos já foram registrados como alagamentos de residências, o desmoronamento de um trecho da BR-343 e ainda o risco de rompimento da Barragem do Bezerro, em José de Freitas, devido ao grande volume de água.

 Segundo o especialista, isso é explicado porque somente no mês de março foi registrado um total de 295,3 mm de chuvas no Piauí e até o dia 11 de abril já tinha chovido 85% do previsto para o mês. De acordo com o climatologista Werton Costa, nos primeiros três meses de 2018 choveu 22% a mais do que a média do período.

 “Em janeiro a média história é de 196,8 mm e choveu 176,6. Já em fevereiro a média é 239,1 mm e choveu 320,7 mm. Em março a média é de 286,3 mm e o total de chuvas foi de 295,3 mm”, relatou Werton Costa sobre o volume superior de chuvas para o período.

 O climatologista alerta também para a tendência de nova superação da média história no mês de abril. “Abril já está com todo o perfil de ascendente. Em 11 dias estamos com 85% da chuva que deveria cair em abril. É um percentual muito alto. Estamos muito próximos da média histórica. Mais duas chuvas e atingimos a média”, comentou. Segundo Werton Costa este ano é atípico porque normalmente março é o mês que acumula mais chuva.

 Para o climatologista o cenário deste primeiro trimestre é equivalente ao registrado em 2009. “São muito equivalentes. Em 2009 o primeiro trimestre teve uma faixa de 11 a 15% acima do normal. Temos de fazer um desconto porque a taxa normal de 2009 considerava índices da década de 60 e a deste ano mudaram as médias”, explicou Werton Costa. Atualmente são utilizadas médias históricas que correspondem de 1981 até 2010.

Fonte: G1

 

Publicidade:

Mais Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
'Poder popular não precisa mais de intermediação', diz Bolsonaro no discurso da diplomação

'Poder popular não precisa mai…

 No discurso, Bolsonaro elogiou Justiça El...

Filho de Bolsonaro diz que não está decidido se Direitos Humanos seguirá como ministério

Filho de Bolsonaro diz que não…

 "Nem está decidido se realmente vai ter e...

Segunda Turma do STF decide nesta terça-feira se concede liberdade a Lula

Segunda Turma do STF decide ne…

 Defesa do ex-presidente apresentou novo p...

Árvore e Natal de Mirassol é acesa com programação cultural

Árvore e Natal de Mirassol é a…

 Com 112 metros de altura, estrutura tem c...

Guarda municipal e mulher são baleados em tentativa de assalto no litoral Sul do RN

Guarda municipal e mulher são …

 Crime aconteceu em Pirangi do Sul, nesta ...

Comerciante é assassinado a tiros na Zona Norte de Natal

Comerciante é assassinado a ti…

 Crime aconteceu na noite desta segunda-fe...

Robinson Faria é condenado por conduta vedada durante as eleições 2018 no RN

Robinson Faria é condenado por…

 Governador terá que pagar multa de R$ 7.5...

Marília Mendonça faz show surpresa em Natal

Marília Mendonça faz show surp…

 Cantora chegou à capital potiguar com a a...

Polícia Civil prende suspeito de matar mulher com tiros no rosto em Macaíba, RN

Polícia Civil prende suspeito …

 Crime aconteceu no dia 17 de setembro. Ví...

Hot topics

Follow us