Um decreto foi publicado pelo Governo de Pernambuco, na noite dessa quinta-feira (23), atendendo ao pleito da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic). Esse decreto autoriza a abertura dos estabelecimentos de tecidos e aviamentos a partir desta sexta-feira (24). A medida foi tomada para garantir o fornecimento dos insumos para fabricação de máscaras e outros Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que são importantes na prevenção do novo coronavírus (Covid-19).

Empresas do Polo de Confecções do Agreste modificaram a produção para atender a grande demanda por EPIs. Os empresários tendo dificuldades para adquirir insumos. Agora, os fornecedores de tecidos e aviamentos entraram para a lista de atividades essenciais durante essa época de pandemia.

“O nosso pleito, desde o início, foi que os fornecedores atacadistas e lojas de tecidos e aviamentos entrassem na lista de operações essenciais nesse momento, tendo em vista que o Polo de Confecções do Agreste está produzindo EPIs e as empresas estavam encontrando dificuldade de adquirir os insumos. Nas reuniões que tivemos com o Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, pedimos pela inclusão desses estabelecimentos entre os serviços essenciais para atender a essa demanda e evitar que a produção tivesse que ser paralisada por falta de matéria-prima”, destacou o presidente da Acic, Luverson Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *